06 setembro 2008

pAlavraS / MonÓlogOs



Desperdiçada
Sem saber como sentir
Ou sentindo sem saber
Atinjo um fim que
Nem sequer teve um meio
E nem sei como teve início
A dor progride no sentido mais negro
E não tenho esperança de alcançar
A paz que tanto preciso...

Sentiria talvez amargura,
caso sentisse o fim...?

Sentiria talvez desespero,
caso sentisse a morte...?

Não...!

Sentiria apenas um grande alívio:

parar...
controlar...
vozes...
gritos...
ecos...
sem voz...
monólogo...
respostas...

.........................

2 comentários:

jessicadeverdade disse...

Putz...toda vez que venho aqui...acabo me inspirando a alguma coisa...depois ponho o link aqui...rs
té mais

Mandy disse...

Obrigada pelo comentário amore!!!

e obrigada por linkar tbm, depois vou te linkar, ok?!

^^

bom domingooo

BjO.